Desfibrado Têxtil Contribui para a Conservação Ambiental

O uso de desfibrado têxtil contribui para a conservação ambiental. O poliéster, por exemplo, leva mais de 100 anos para se decompor. A decomposição de outras fibras sintéticas como a poliamida ocorre em aproximadamente 30 anos. Com esses exemplos, é possível dimensionar a importância da reciclagem de tecidos, não é mesmo? Imagine se todos os resíduos têxteis acabassem em aterros sanitários ou descartados no meio ambiente!

Com a reciclagem, ao invés de jogar retalhos e peças prontas no lixo, é possível aproveitar esses materiais na fabricação de outros produtos como estopas, panos de limpeza, peças de cama, mesa e banho, cobertores populares, revestimento acústico, entre outras utilidades.

Outra vantagem do uso de desfibrado têxtil é o custo/benefício. Ao adquirir matérias primas recicladas de alta qualidade, é possível oferecer produtos com preços mais competitivos ao mercado consumidor e melhorar a lucratividade da empresa.

O processo industrial de reciclagem de tecidos envolve as seguintes etapas:

• Coleta de tecidos: Resíduos têxteis (retalhos e outras sobras) e peças prontas vêm de confecções ou são doadas para reciclagem.

• Separar as peças: Todas as peças são separadas conforme as características: tipos de tecido, cores, tamanhos, aproveitamento, entre outros detalhes.

• Trituração dos tecidos: O material separado é encaminhado para trituração, até ser desfiado por completo.

• Beneficiamento: O desfibrado têxtil é mistura em outra máquina, com a adição de poliéster.

•Fiação: Se o objetivo é transformar o material em fio reciclado, o desfibrado têxtil é encaminhado para o setor de fiação. Caso contrário, o desfiado têxtil é comercializado como estopa para enchimento de almofadas, bichos de pelúcia, travesseiros, colchões. fabricação de feltros para revestimento acústico e etc.

• Tecelagem e tingimento: O fio reciclado é processado para se tornar outro tipo de tecido, podendo ser tingido ou não. Geralmente, o fio reciclado é usado na confecção de roupas de cama, mesa e banho , artesanatos e etc.

Que tipo de desfibrado têxtil é mais usado?

• Acrílico: O cobertor popular é uma das peças mais lembradas quando se fala em desfibrado de acrílico mil cores. Mas esse material também é usado para o preenchimento de bichos de pelúcia, almofadas, fabricação de panos de limpeza, entre outros usos.

• Algodão: Tecidos de algodão podem ser desfibrados totalmente, resultando em um produto muito atrativo. É muito usado para enchimento de bichos de pelúcia, almofadas e fabricação de fios reciclados.

• Jeans: Cru, azul ou branco. Com essas matérias primas é possível fabricar outras peças de vestuário ou usá-las como enchimento de bichos de pelúcia, almofadas e revestimentos acústicos predial e de veículos.

• Malhas e sintéticos: Os dois produtos resultam em desfibrados têxteis muito procurados pela indústria moveleira e confecções de enxoval para cama, mesa e banho.

Usos do desfibrado têxtil:

Fabricação de fios reciclados
Enchimento de almofadas e bichos de pelúcia
Estopa e pano de limpeza
Feltros e revestimento acústico
Estofamento de móveis

Tudo isso e muito mais! Como se vê, o desfibrado têxtil é muito versátil. A demanda por esse tipo de produto é crescente pela qualidade e baixo custo da fibra têxtil reciclada.

Quer saber mais sobre desfibrado têxtil? Leia outros artigos no blog ou acesse o site.

share post:

Deixe seu comentário

%d blogueiros gostam disto: